Entenda o que é SEO e como essa técnica pode ajudar sua empresa

  • Entenda o que é SEO e como essa técnica pode ajudar sua empresa

Quando uma empresa decide ingressar no marleting digital e cria o seu próprio site, o objetivo primário é a geração de tráfego para captação de novos clientes. A principal maneira de conquistar um número elevado de visitantes é fazer com que o site apareça sempre no topo dos resultados de pesquisas do Google ou dos demais buscadores disponíveis, como Yahoo, Bing, Ask etc.

Para alcançar essa posição, existe um conjunto de técnicas, o que hoje conhecemos como SEO. Mas que tipos de técnicas são essas? É preciso pagar para aplicá-las? Todas essas dúvidas e mais algumas serão respondidas neste artigo. Continue lendo!

Como funcionam os sites de busca?

Quando falamos sobre SEO, o termo “robô do Google” ou Googlebot costuma vir à tona constantemente. Os “robôs” dos buscadores nada mais são que indexadores de páginas. Isso significa que eles fazem uma varredura na internet, coletam informações, as transferem para a base de dados do site e as organizam de acordo com critérios como palavra-chave, assunto, data, país, entre outros.

Todos os sites de busca têm seu próprio algoritmo, desenvolvido para aplicar os critérios que o site determinou para posicionar os resultados de cada pesquisa feita pelos usuários.

De forma geral, o que é digitado na barra de pesquisas é enviado ao algoritmo, que por sua vez processa as informações, comparando-as com o que está disponível na base de dados, e retorna os resultados mais relevantes.

Como as técnicas de SEO funcionam na prática?

Em português, a sigla SEO significa “otimização para motores de busca”. Ou seja, essas técnicas buscam fazer com que seu site esteja alinhado com os critérios usados pelos algoritmos dos buscadores para aparecer entre os primeiros resultados das pesquisas.

Os custos para aplicar as técnicas com êxito podem variar e, alguns casos, podem até mesmo ser inexistentes — tudo depende das ferramentas utilizadas. Existe uma infinidade de ferramentas no mercado, sendo algumas pagas e outras gratuitas, e uma grande variedade de técnicas que podem ser aplicadas sem nenhum custo.

O bom uso de palavras-chave é fundamental

As palavras-chave são o elemento mais importante quando o assunto é SEO. Para que o site de sua empresa seja exibido, é preciso se certificar de que as palavras-chave utilizadas em cada publicação serão aquelas que o público tende a utilizar ao realizar uma pesquisa.

Para reforçar a relevância de uma palavra-chave em questão — “viagem para o exterior”, por exemplo — é preciso inseri-la, de forma natural e moderada, ao longo de todo texto, nos títulos e intertítulos, entre outros setores da página.

Conteúdos de qualidade também são um parâmetro

Como o principal objetivo dos sites de busca é proporcionar a melhor experiência possível aos seus usuários, a qualidade e a relevância do seu conteúdo pesam bastante para posicioná-lo nos resultados da busca.

Conteúdos muito genéricos são detectados pelos algoritmos e devidamente classificados como de baixa relevância, o que implica em baixo posicionamento. Portanto, os sites precisam ter maior foco na qualidade dos conteúdos — o que significa que não basta encher seu texto de repetições da palavra-chave para posicionar bem.

É preciso evitar más práticas

Os motores de busca estão longe de serem uma novidade para os internautas, e, naturalmente, muitos foram aqueles que tentaram manipular os seus algoritmos ao longo do tempo. Por isso, as técnicas de SEO são divididas entre boas (“White Hat”) e más (“Black Hat”).

Toda e qualquer prática que consista em burlar os algoritmos está sujeita a severas punições, podendo até mesmo excluir um site de sua base de dados e, assim, comprometer a todo um negócio.

Agora que você aprendeu o que é SEO e já tem noções de como funciona, que tal apresentar isso aos seus amigos? Compartilhe o conteúdo nas redes sociais!